Trading Tênis – US Open – 01/09/2017

Não estamos tendo muitas oportunidades de lucro nesse US Open, mas ontem conseguimos um jackpot no jogo do Monfils contra o Young. Estava chateado porque minhas bets punter não estavam entrando, mas as lesões de jogadores são coisas que não podemos controlar. Berdych estava baleado, e quem vinha de um jogo de 5 sets era o Dolgopolov, mesmo coisa do jogo entre Dzumhur vs Stebe C-M.

O jeito é focar nas coisas que podemos controlar.

Grupo Telegram (Clique no link ou na imagem para acessar)

Total Tênis Trading: +511,87%

Estratégia: Back ao favorito após ele perder o 1º set 

  • Investir 50% da stake no favorito após o mesmo perder o 1º set e fechar após ele conseguir uma quebra no 2º, ou ganhar o set (fica ao seu critério).
  • Caso o 2º set vá para o tie-break, diminuir a exposição pela metade. Exemplo, se entrou com 50% da stake, deixar apenas 25% no tie-break.
  • Em jogos mais apertados podemos iniciar com 25% no favorito, e fazer outro back nele caso perca o primeiro set, para fechar todas as apostas caso ele quebra no segundo ou vença o set

Estou escrevendo esse post às 13h05, então os jogos de 3 favoritos que estariam na lista já passaram com todos ganhando o 1º set.

14h00 – Denis Shapovalov vs Kyle Edmund +18%

Dias atrás esse menino estava jogando em challengers, e agora já chega com cota de 1.70 num torneio de Slam. Acho meio esquisito, mas reconheço que ele está jogando muito bem e tem bastante personalidade.

Em Montreal salvou set-points contra Dutra Silva na primeira rodada, mas depois em sequência passou de Del Potro, Nadal e Mannarino, caindo na semi para o campeão A. Zverev.

Edmund por sua vez vez de semifinal em Winston Salem, num jogo onde nem entendi porque ele saiu de quali. Apesar disso, o torneio parece ter servido para espantar as dúvidas físicas, e dar confiança, pois ele não vinha tão bem.

Eu coloco o jovem jogador como favorito muito pela sua personalidade, como também pelo físico de Edmund, que sempre sente em 5 sets. O calor hoje está demais, e isso me leva a crer que teremos oportunidade, embora seja um jogo bem duro.

14h20 – Lucas Pouille vs Mikhail Kukushkin +13%

Depois da final no Astana Challenger, Kukushkin jogou em Los Cabos, onde caiu na primeira rodada, e na segunda de Aptos. A sua temporada foi fraca, então nem esperava tanta coisa dele aqui. Surpreendeu ao passar do quali, e ao derrotar Ferrer na estreia.

Jogando bem, passou fácil por Donskoy, mas esse russo é ruim demais.

Pouille é um dos mais talentosos da atualidade, e só precisa se manter concentrado para fazer muito bonito num grande torneio. Lembro dele falando no início do ano que ia papar um Slam. Saca bem, troca com qualidade e ainda tem bastante potência.

Não acredito que o tênis do cazaque irá lhe incomodar muito, a não ser que ele sinta o físico. Porém, ele já caiu cedo o mês de agosto todo, que se ele cansar em dois jogos pode mandar o preparador embora.

O atendimento que pediu foi para uma bolha no dedo, o que é a coisa mais normal do mundo para um tenista. Eles se enfrentaram nesse torneio ano passado, e Pouille levou a melhor em 4 sets.

É jogo para ficar de olho, pois o francês dá umas viajadas, mas é merecido favorito.

15h15 – Kevin Anderson vs Borna Coric 0%

O sul-africano vem sacando demais, e se ele mantiver esse alto nível, poderá chegar até na final. A solidez que ele tem apresentado o permite jogar em alto nível com praticamente qualquer jogador do circuito, principalmente depois que se tornou mais sólido no backhand.

Essa temporada já fez um dos melhores jogos do ano contra Thiem, e chega também bem fisicamente por ter passado pouco tempo em quadra.

Já Coric vem de uma partida duríssima contra Zverev, seu pato desde o juvenil. A vitória impressiona, mas se olharmos para o desempenho de Zverev em Slams, veremos que ele só fez decepcionar.

Coric se jogar afundando a bola bastante, terá chances, mas o difícil pra ele é se manter em alto nível durante tanto tempo.

Além disso, temos aquele caso clássico do tenista desempenhar pior após uma grande vitória.

20h00 – Mischa Zverev vs John Isner 0% 

Mischa vence, mas não convence, e tem passado muito mais por conta dos adversários que enfrentou. Teve 2-0 contra Paire, e quase perdeu o jogo. Foi pra 5 sets, acumulou desgaste num físico que já vinha baleado.

Agora enfrentará Isner, que vem jogando demais nesse torneio. Em casa sempre tem o apoio da torcida, e jogar mais tarde vai ajudar a preservar o físico, pois o calor está de matar.

Pelo que tem jogado veremos mais do mesmo. Ele confirmando e aproveitando as chances. Pode perder no tie-break, mas Zverev joga no limite e seu estilo dá oportunidades.

A ressalva fica por conta de terem se enfrentado duas vezes esse ano, e em ambas Mischa venceu.

Total Parcial Rodada 48: +31%

Quer se aprofundar no Trading Esportivo? Faça o curso avançado!

Thiago Pessoa tiquinho

Formado em direito pela UFMG, largou tudo para se dedicar ao mundo das apostas. Desde 2010 se dedica a vários sites, tendo como principal o queroapostar.com

Related Posts
Leave a reply