Lay ao time que sair na frente

Desde o início do Projeto Puntrading, sempre que analisava os jogos semanalmente com o Gustavo Maturano, pulávamos várias partidas que considerávamos  equilibradas, onde víamos os dois times com chances de marcar, mas por não termos um claro favorito, acabamos descartando o jogo.

Nos jogos do Brasileirão 2017 isso passou a me chamar muita atenção, e comecei a fazer lays a times que saiam na frente nesse campeonato, o que se mostrou bem lucrativo por conta do alto índice de ambas marcam, ajudado provavelmente proximidade técnica das equipes. Porém, como isso foi no final do campeonato, acabei sem uma larga amostragem.

Quando os campeonatos europeus voltaram, percebi que alguns jogos se encaixam nesse estilo, e comecei a testar a estratégia em off com o Gustavo.

O desempenho foi tão bom que passamos a adotar a mesma no nosso Grupo (confira desempenho em Janeiro), e hoje a compartilho com vocês:

Preparação para aplicação da técnica:

– Ter uma conta na Bolsa Esportiva – Registre-se e ganhe 30$ grátis Betfair

– Entender os conceitos de Back e Lay. Se não sabe operar, baixe Ebook Trading Esportivo:

Lay ao time que sair na frente

Tamanho das Apostas:

Divida sua banca em stakes de 5%

A título de exemplo, uma banca de 400$ terá:

Stake 5% = 20$

50% da stake = 10$

Sendo assim, cada entrada será de 2,5% sobre a banca (responsabilidade), e corresponderá a 10$ para a banca exemplo.

Jogos ideais para a estratégia:

  • Jogos equilibrados com tendência a ambos marcam

Aprenda a analisar um jogo de futebol com o ebook Apostador Profissional:

O método:

  • Fazer uma entrada com 50% da stake em Lay ao time que saiu na frente caso o mesmo marque até os 65-70 minutos
  • Se o gol sair após os 65-70 minutos, entrar com apenas 25% da stake.
  • Em situações de gols bem tardios, abortamos a entrada.

– Caso aconteça o gol de empate:

Após o gol de empate, encerramos a nossa aposta, visto que nosso objetivo no mercado foi cumprido.

– Caso o time que fizemos lay abra 2-0:

Continuamos torcendo pelo empate. Não investimos mais dinheiro no mercado.

– Cashout sem gol:

Caso tenha uma leitura bastante apurada e notar uma atuação do time que levou o gol abaixo do esperado, você pode entrar com apenas 25%; fazer cashout e minimizar suas perdas; ou nem entrar. Atualmente, pelo volume de jogos que fazemos, sem uma stake muito alta, tenho optado por manter a posição até o final. Em alguns jogos reduzo a exposição para 25%.

Relação Green/Red:

Esse é o principal trunfo dessa estratégia. Como previamente selecionamos jogos equilibrados, qualquer time que faça o gol terá as suas odds bem reduzidas, e o lay trará ótimo retorno.

A relação green/red fica próxima de 1/1, que é um número muito bom para trabalharmos.

Vídeo tutorial:

Em breve…

Considerações finais:

Essa é uma estratégia de aplicação bastante simples, cuja principal dificuldade está na escolha dos jogos. Se sair fazendo lay a todos os times que saírem na frente, certamente o retorno não será positivo.

A análise pré-jogo é base dessa estratégia, e se encaixa bem no meu estilo de apostar.

Espero que tenha gostado, e se decidir fazer e notar algo curioso, alguma variação que possa ser aplicada, não deixe de comentar esse post.

Thiago Pessoa tiquinho

Formado em direito pela UFMG, largou tudo para se dedicar ao mundo das apostas. Desde 2010 se dedica a vários sites, tendo como principal o queroapostar.com

Related Posts
Comments ( 2 )
  1. NATAN VILELA DE SOUZA
    23/01/2018 at 16:52
    Reply

    Essa é uma boa estrategia. Se unir ela a outras, tem tudo pra se dar bem.
    Tipo, você se programa para um jogo. Faz uma analise pré-live. Começa o jogo, ele está se desenhando de acordo com sua analise. você vai e faz a entrada. De acordo com sua analise, era jogo de visitante DNB. você entra. Se caso o visitante sofra o gol, um back lay o time da casa, se encaixa muito bem ai.
    E tem outras maneiras também.
    O negocio é se adaptar essa forma de operar em outras estrategias.
    A ideia é boa. Parabéns pelo artigo.

Leave a reply