Guia para iniciantes em Criptomoeda

Guia para iniciantes em Criptomoeda

Entendendo o que é Criptomoeda e como utilizar

Você já deve ter se perguntado, o que seria uma Criptomoeda, porque desse nome, qual a sua utilidade.

Pois bem, neste artigo vou tirar todas essas dúvidas e outras que vão surgir no andar do entendimento do assunto.

Criptomoeda, “Cripto” vem de Criptografia que é um conjunto de princípios e técnicas empregadas para cifrar(embaralhar) uma escrita, assim sendo é um tipo de moeda virtual para realizar transações financeiras.

Da mesma forma que uma moeda tradicional (Dólar, Euro, Real) possui números de série ou listras ocultas em seu interior para evitar assim falsificações, a criptomoeda utiliza códigos que são muito difíceis de serem quebrados.

Hoje existem centenas de moedas virtuais, sendo o Bitcoin a mais conhecida entre elas.

O que é o Bitcoin

 É a famosa moeda virtual, criada por Satoshi Nakamoto em 2008, como uma moeda descentralizada, pois não há nenhuma autoridade ou banco regulamentando a mesma. Assim as transações são chamadas de Peer-to-Peer, ou Pessoa para Pessoa de dinheiro eletrônico.

Isso foi possível, pois seu criador, Satoshi criou uma forma onde a confiança é baseada na Matemática, em Criptografia e rede de comunicação, ao invés de Instituições e Terceiros.

Veja também:

Para que são utilizadas as Criptomoedas e como funcionam

 As Criptomoedas servem para comprar desde serviços a até bens na internet. As transações podem ser realizadas para qualquer pessoa independente do lugar que esteja, sem que exista um limite mínimo ou Maximo no valor da transação. Atualmente muitas empresas e lojas já aceitam moeda virtual como forma de pagamento.

Entre eles:

DELL – Empresa Mundial de Soluções Tecnológicas

Microsoft – Empresa Mundial de Softwares e Soluções de TI

Subway – Empresa Fastfood de Sanduíches e Saladas

Wikipédia – Enciclopédia Online Global

Hostinger – Hospedagem de Websites

Como fazer para comprar, vender ou adquirir Criptomoedas

 A primeira coisa a ser feita para vender ou comprar moedas virtuais, é se cadastrar em sites específicos de transações de moedas virtuais, por exemplo, Mercado Bitcoin, ou FOXBIT que são as maiores Exchanges de transações de moedas virtuais do Brasil.

Para realizar a sua compra de moedas é necessário ter saldo em reais, assim como você pode vender suas moedas no site também, é simples, basta seguir as instruções ao se cadastrar no site. O saldo em reais é realizado via depósito ou transferência bancaria.

Outra forma seria vender serviços na internet, como design gráfico, consultoria e se você já possui algum negócio, já pode receber pagamentos em Bitcoins ou outra Moeda Virtual ( Ripple, Dash e Ethereum por exemplo).

A terceira e não menos importante é a chamada “Mineração”.

Que nada mais é do que, a troca de tempo processado pelo computador por bitcoins. A mineração é inspirada na de metais preciosos como o ouro.

Necessita de hardwares específicos e com isso o custo é alto, ainda se levarmos em conta o preço da energia elétrica no Brasil.

Como curiosidade, a China é o país líder em mineração de Bitcoin, por conta do seu baixo custo de energia elétrica.

Onde guardar suas moedas virtuais

Como vimos anteriormente, temos sites que administram suas moedas, mas existem outras formas chamadas de “Wallet” ou “Carteira” em português, claro que todas têm vantagens e desvantagens, veja abaixo:

Hard Wallet

Senha fica off-line, em um pen drive, ou em um dispositivo especifico para moedas virtuais.

Desvantagem: O dispositivo pode custar até R$ 500,00

Carteira On-Line

Como o caso do Mercado Bitcoin, que administra os usuários e senhas, e suas moedas virtuais.

Desvantagem: A Corretora pode sofrer um ataque hacker, ou se não for de confiança pode roubar seus usuários.

Carteira Móbile ou Computador

 

Onde a senha fica armazenada em um Smartphone ou em um Computador.

Desvantagem: Os aparelhos podem ser invadidos, ou o usuário pode esquecer que tem moedas virtuais salvas no mesmo, e formatá-lo, assim como pode perder o aparelho.

Para sua segurança, antes de qualquer transação

Por isso sempre tenha cuidado, ao expor seus dados, como se trata de transações de moedas virtuais, pode haver hackers procurando brechas para atacar e roubar informações.

Por isso, é muito importante ter um antivírus e sempre evitar utilizar redes wifi publica, ou de cafés e bares, sua segurança sempre em primeiro lugar, nunca se esqueça.

Pois a Moeda Virtual é o seu dinheiro, e isso merece o seu cuidado

 

 

 

 

 

Nota: é normal que este tema traga algumas lacunas, num mercado tão juvenil, estamos todos aprender. O mercadodasapostas.com tudo fará para trazer mais conteudo e com mais qualidade.

Roberto Teixeira

Roberto Teixeira, nasceu a 5 de janeiro de 1987 no concelho da Ponta do Sol, Madeira e poucos meses depois veio viver para Lisboa. Desde os 9 anos que integrou os escalões de futebol do Sport Clube Sanjoanense até aos 20 anos. Esta paixão pelo futebol levou-a a querer saber mais, tendo vindo a tornar-se treinador dos escalões Infantis, Iniciados, Juvenis e Juniores durante 7 épocas, no Sport Clube Sanjoanense. Integrou a equipa de prospeção do Sporting Clube Portugal, em 2010, mantendo se como Observador Técnico em camadas jovens até 2014. Trader em Apostas Desportivas, negoceia na empresa da Betfair desde de 2009. Atualmente dedica-se ao seu trabalho Desginer/Fotografo/Tecnico de Informática numa autarquia local e ao seu projeto pessoal de formação na área das apostas desportivas que iniciou em 2013.

Related Posts
Leave a reply